4ª Edição Internacional do Anjo da Guarda Fest foi sucesso em Santa Catarina

22 de junho de 2009

Barracas por todos os lados, uniforme camuflado, segurança reforçada. Quem avistava o terreno localizado ao lado da Igreja Matriz, Centro de Camboriú, em Santa Catarina, no período de 19 a 21 de Junho, podia pensar que se tratava de uma operação de guerra. E não deixou de ser. O Anjo da Guarda Fest promoveu, mais uma vez, uma verdadeira guerra pela cultura, conhecimento e entretenimento.

O evento contou com a presença, no palanque principal, do Idealizador Sandro Rocha, da Prefeita de Camboriú, Luzia Coppi Matias, além de outras autoridades civis e militares. Assim como as autoridades, o público não tirou os olhos do alto. Logo no início, a chegada estrondosa do Helicóptero (sapão) UH-1H do Esquadrão Pantera, pertencente ao 5º/8º GAV da FAB avisava que a manhã seria bastante movimentada. O evento foi substituído ao som dos Hinos do Brasil, entoados pela Banda de Música da Base Aérea de Florianópolis.

Durante três dias, cerca de 100 civis e militares trabalharam para prestar atendimento e tirar dúvidas em diversas especialidades, à população catarinense. Mais uma vez a missão foi cumprida com louvor. Os Helicópteros UH-1H do Esquadrão Pantera da Força Aérea Brasileira, HU-12 do Esquadrão Albatroz da Marinha do Brasil, Bell 407 Patrulheiro 01 (UTI) da Polícia Rodoviária Federal e o Pelicano SAT 01 da Polícia Civil de Santa Catarina, participaram do evento, com o objetivo de demonstrar no evento suas características e também porque estiveram ativamente atuando na Missão de Ajuda Humanitária em Santa Catarina, em novembro de 2008.

O Anjo da Guarda Fest movimentou a cidade e a região, levando ao pátio localizado ao lado da Igreja Matriz, diversas aeronaves, caminhões de combate, equipamentos, instrumentos e stands com informações sobre a atividade militar, que mostrou uma maior integração do público civil com as forças militares, para atuarem de forma conjunta em diferentes situações. Ao todo, 12.000 pessoas participaram. Os militares que atuaram diretamente com os visitantes acumularam importantes experiências e os sentimentos de dever cumprido.

A Companhia Os Indestrutíveis expôs viaturas das décadas de 40, 50 e 60, como jipes empregados em reconhecimento tático e combate rápido, camionetas, caminhões tanque com pinturas que respeitam as respectivas Forças de origem e que cooperam em caráter estreito com as Forças Armadas Brasileiras e com a Defesa Civil nas ocasiões de catástrofes, onde entram com suas viaturas de pronto emprego em favor da sociedade, sempre sob orientação das autoridades militares responsáveis.

A realização contou com a chegada de um avião acrobático, e fez com que as demonstrações aéreas ganhassem ainda mais um valor simbólico. “Olha que lindo filho!”, dizia a comerciante Aline da Silva para o pequeno Pedro, de 5 anos de idade. O menino não tirava um segundo os olhos do céu. Em cada manobra, havia uma atenção especial e aplausos efusivos. A apresentação provocou grandes emoções. “Fiquei muito impressionado. Foi uma tarde que nos lembrou que devemos ser patriotas e nos orgulhar da Bandeira e das pessoas que trabalham por nosso País. Adorei!”, disse o empresário Luis Fernando Gazaniga, acompanhado de esposa e dois filhos.

Poucos foram embora, muitos ficaram até o entardecer, confraternizando, trocando experiências, travando um emocionante e inesquecível contato com as instituições. O evento contou com a participação da Guarda Mirim de São Bento do Sul, Mafra e Rio Negrinho, onde auxiliaram com mais de 40 integrantes, a simulação de combate a incêndio e de um acidente com automóvel, onde 02 vítimas foram resgatadas das ferragens pelos socorristas da Auto Pista Litoral Sul e transportadas de ambulância até o Helicóptero UTI da PRF.

Para o organizador, Sandro Rocha, “o Anjo da Guarda Fest expressa sua alma pela sua gente. É do somatório das personalidades de cada homem e mulher desta complexa realização, amalgamado por um singular e estrito padrão doutrinário, que emerge essa alma. Somos um povo de paz. Não há como ser diferente. Afinal, somos brasileiros, persistentes e obstinados. O que mais nos comove como evento é exatamente a possibilidade de tornarmos mais amplo este horizonte de fraternidade e altruísmo” declarou.

Em resumo, o Anjo da Guarda Fest consolidou nesta 4ª edição Internacional, como um evento cultural, com forte integração dos participantes e com um apoio certeiro de toda a população da região sul do Brasil, que compareceu em massa, quebrando todos os recordes e fazendo com que o pessoal de logística trabalhasse duro.


Assessoria de Imprensa
Comando do Anjo da Guarda Fest
www.anjodaguardafest.com.br
+55(47)9112-5652